Tamanho do texto

Em conjunto com os Policiais do 27º BPM/M, homens do Batalhão de Choque realizaram operação para combater o tráfico e drogas na zona sul da capital

Os Policiais do 27º BPM/M e do Canil da PM realizaram uma ação conjunta na semana passada para combater o tráfico de drogas na zona sul de São Paulo. As equipes tinham como destino, a região de Interlagos.

Leia também: Silencioso, COE surpreende criminosos durante operação em comunidade de SP

Arma e drogas apresentadas na Delegacia pelo Canil da PM
Divulgação/Canil PM
Arma e drogas apresentadas na Delegacia pelo Canil da PM

"Ali perto do autódromo existem comunidades perigosas, onde há um movimento forte do tráfico de drogas. Dias atrás, os PMs ali da área disseram que durante uma abordagem de suspeitos, o pessoal foi 'pra cima' e eles precisaram usar armas com munição não letal", revela o Tenente Codelo do Canil da PM .

De acordo com o Policial, a operação começou logo pela manhã. Cerca de 30 PMs cercaram a área e começaram uma incursão. "Assim que entramos pela rua Marli Oliveira Cobra, um suspeito correu. A partir daí, nós começamos o trabalho com o cão", continua o Tenente.

Não demorou muito e o cão Thor conduzido pelo Soldado Nickel indicou odor de drogas em um cômodo. "Nessa casa, os PMs encontraram o suspeito que havia corrido e também drogas e armas. Era uma espingarda calibre 12, 2.371 porções de maconha(aproximadamente 20kg) e 915 frascos de lança-perfume", disse o Tenente Codelo.

Leia também: Cavalaria da PM prende assaltante com arma falsa no centro de São Paulo

O criminoso e todo o material apreendido foram encaminhados para o 48º Distrito Policial. "O homem nem tentou reagir e confirmou que estava vendendo drogas. o local onde ele foi preso funcionava com um posto de armazenamento do tráfico", explica o Tenente.

Canil no faro

Apreensão de drogas realizada pelo Canil da PM
divulgação/canil da PM
Apreensão de drogas realizada pelo Canil da PM

Na mesmo operação, mas em uma favela um pouco mais distante, os Policiais realizaram mais uma apreensão de drogas e munição.

Leia também: ROTA dá recado duro: Em São Paulo o crime organizado sempre vai perder

"Chegamos na comunidade do Iporanga e começou mais um corre corre, nós conseguimos ver três homens correndo, eles deviam estar traficando. Com base nessa reação, começamos a incursão com o cadela Dara conduzida pelo Soldado João Vitor", revela o Tenente Codelo.

Após aproximadamente 40 minutos, a cadela apontou uma casa com odor de drogas. "Dentro dessa casa tinha três homens, que não sabemos se são os mesmos que correram, drogas e também munição da criminalidade", aponta o Policial.

Todo o material apreendido pelo Canil da PM e os três criminosos foram encaminhados para o 101º Distrito Policial. Eles vão responder por tráfico de drogas e porte ilegal de armas.