Mulher precisou ser internada e passar por cirurgia
Reprodução
Mulher precisou ser internada e passar por cirurgia

Uma mulher precisou ter 19 kg de  estômago removidos após ser infectada por uma bactéria 'comedora de carne'. Depois de dar à luz, Sarah Humphrey, de 41 anos, começou a sentir um odor forte vindo da cicatriz de sua cesariana e precisou ser leva às pressas ao hospital.

Ela foi diagnosticada com  fasciíte necrosante , uma infecção grave que acomete tecidos subcutâneos moles e fáscias, também conhecida como 'doença comedora de carne'. Se não tratada, a infecção pode matar em poucos dias.

Sarah precisou passar por uma cirurgia para remover o tecido apodrecido , mas, segundo o Metro UK , os médicos só conseguiram retirar o pedaço de seu corpo que estava infectado pela bactéria após cerca de 10 semanas.

"Quando acordei da primeira operação, havia um longo tubo saindo da minha barriga, sugando toda a carne infectada para uma máquina", disse a mulher ao jornal.

Leia Também

Após passar várias semanas internada, a mulher voltou para casa.

"Eu estava com medo, porque nunca tinha feito uma operação antes. Minhas gestações anteriores foram normais, diretas e fáceis", acrescentou ela, que precisou passar por uma cesariana após ter uma complicação durante a gravidez. "Mesmo assim, minha filha saiu coberta de sangue e sorriu".

Enquanto estava em processo de recuperação da fasciíte necrosante, uma hérnia "do tamanho da cabeça de uma criança", de acordo com ela, estourou.

Sarah foi colocada em uma lista de espera para realizar outra cirurgia, mas ainda espera pelo procedimento, devido ao atraso causado pela pandemia de Covid-19 .

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários