Depois do caso, o inspetor Bhishmpal Singh Yadav foi preso.
Reprodução
Depois do caso, o inspetor Bhishmpal Singh Yadav foi preso.

Um policial identificado como Bhishmpal Singh Yadav foi demitido e preso por realizar um ato sexual enquanto atendia uma mulher e sua filha. O caso aconteceu em uma delegacia na Índia no dia 22 de junho.

Segundo o jornal britânico Mirror , Yadav estava atendendo um caso de disputa de terras quando começou a se tocar na frente da a mulher e de sua filha. Ele foi demitido, preso e acusado de voyeurismo. 

De acordo com o jornal Times Of India , a filha da mulher registrou o policial cometendo o ato sexual e postou o vídeo nas redes sociais. O registro viralizou e os internautas pediram medidas contra o policial. 

Ainda segundo o Mirror , Prashant Kumar, diretor geral adicional de lei e ordem de Uttar Pradesh - local onde o caso aconteceu - confirmou a demissão dias depois. "O inspetor da polícia que se entregou a um comportamento pervertido diante de uma queixosa dentro de uma delegacia de polícia de Deoria foi demitido". 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários