Tamanho do texto

Quatro britânicos, por volta dos 20 anos, foram presos após o incidente, que colocou a vida de centenas de pessoas em risco na Ilha de Maiorca, Espanha

Os bombeiros resgataram sete turistas que ficaram presos nas varandas de seus quartos no hotel espanhol incendiado
Reprodução/Metro.co.uk
Os bombeiros resgataram sete turistas que ficaram presos nas varandas de seus quartos no hotel espanhol incendiado


Quatro britânicos foram presos em Magaluf, na Ilha de Maiorca, na Espanha, após incendiarem um hotel durante “brincadeira” com um amigo. De acordo com informações do portal Metro , eles estavam bêbados e decidiram colocar fogo no pé do jovem para que acordasse, mas a situação saiu do controle e se tornou um caso de polícia.

Leia também: Homem sob efeito de ecstasy há cinco dias é preso ao encher banheira com batatas

Com um isqueiro e um produto aerossol, dois homens e as duas mulheres deixaram o hotel  em chamas no último domingo (20). Assim que o fogo começou a se alastrar, outros hóspedes relataram ouvir o grupo gritar “saiam daqui” junto do barulho de vidros sendo quebrados. Logo em seguida, os bombeiros foram chamados para controlar a situação, que colocou centenas de pessoas em risco.

Dois andares do BH Mallorca tiveram de ser esvaziados, e sete turistas precisaram ser resgatados por bombeiros, já que ficaram presos nas varandas dos quartos enquanto o fogo consumia os andares. A situação foi rapidamente controlada e não houve vítimas fatais ou feridos graves, porém, alguns dos hóspedes e três guardas civis tiveram de ser levados ao hospital por causa da inalação de fumaça.

Os danos causados ao prédio são calculados em 125 mil libras, cerca de R$ 600 mil, sendo que dois dos quartos foram completamente destruídos pelo incêndio . Os quatro britânicos, por volta dos 20 anos de idade, foram detidos assim que o incidente foi contido, e além disso, a Guarda Civil abriu uma investigação sobre o caso.

Acidentes com pessoas bêbadas

Depois de seis horas, bêbada que não conseguia se levantar e sair do local foi socorrida pela equipe de bombeiros
Reprodução/Metro.co.uk
Depois de seis horas, bêbada que não conseguia se levantar e sair do local foi socorrida pela equipe de bombeiros

Em mais um caso motivado por pessoas bêbadas, uma mulher teve que ser socorrida pelos bombeiros após cair em um vão ao lado de sua casa . O caso aconteceu nas Filipinas, e testemunhas relataram que, após uma tarde de curtição com os amigos, ela decidiu subir no telhado da casa. Segundo eles, depois do 'feito', a bêbada escorregou e caiu no pequeno espaço entre sua casa e a da vizinha, onde permaneceu entalada por seis horas.

A vizinhança explicou que, depois de horas ouvindo os gritos da mulher, que não conseguia se levantar para sair do local, todos decidiram chamar reforços, que também tiveram muito trabalho com a inquilina embriagada. 

Leia também: Homem pelado pula da janela para fugir da polícia em ação antidrogas na Polônia

“Conseguimos tirá-la do buraco depois de destruirmos uma parte da parede. Levamo-na para o hospital, e ela está bem, sofreu apenas alguns arranhões”,  alegou um porta-voz da Bureau of Fire Protection, sobre o caso que, assim como o incêndio no  hotel , não deixou graves feridos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.