Tamanho do texto

Su Yun e sua família compraram um filhote pensando ser um mastim tibetano, mas o animal passou a se comportar de forma muito incomuns

Dois anos após adotar o filhote, a família percebeu que na realidade ele não era um cachorro, mas sim um urso
Reprodução/Youtube
Dois anos após adotar o filhote, a família percebeu que na realidade ele não era um cachorro, mas sim um urso


Você consegue diferenciar um cachorro de um urso? Por mais que ambos sejam mamíferos, eles são fisicamente muito diferentes, contudo, ainda capazes de serem confundidos um com o outro. Pelo menos é o que aconteceu com uma família chinesa, que ficou surpresa ao descobrir – dois anos depois – que, na realidade, não tinha adotado um cachorro. 

Leia também: “Meu cachorro deu um tiro em mim”, afirma norte-americano após acidente em casa

De acordo com o Independent , tudo começou quando Su Yun e sua família adotaram um filhote que supostamente deveria ser um cachorro da raça mastim tibetano. Mas logo de início, os hábitos alimentares peculiares do animal surpreenderam seus novos tutores. “Ele comia uma caixa de frutas e dois baldes de macarrão todos os dias”, explicou a mulher sobre o urso , que até então estava ‘escondendo’ sua real natureza.

A família começou a ficar ainda mais intrigada conforme o ‘cão’ crescia: ele passou a andar com apenas duas patas e não parava de crescer, algo que não deveria acontecer com um  mastim tibetano, o animal que eles achavam que tinham comprado em 2016.

Algum tempo depois, o animal chegou aos 113 kg e fez a família da cidade de Kunming, na província de Yunnan, finalmente perceber a confusão. “Eu tenho um pouco de medo de ursos”, ainda declarou Yun para a imprensa local.

Leia também: Homem fatura R$ 16 milhões na loteria após obter bilhete “de graça” em promoção

Nova casa do urso

Eles entraram em contato com as autoridades e pediram ajuda para o Centro de Resgate Animal de Yunnan, onde o animal está vivendo desde que sua natureza foi revelada. Na realidade, ele não está nem perto de ser um mastim tibetano, pertencendo à espécie dos ursos-negros-asiáticos, que estão ameaçados de extinção e são vendidos por milhares de dólares no mercado negro.

Leia também: Homem surta e corta o próprio pênis com uma faca enquanto assistia a filme pornô

O caso, no entanto, não é inédito. No mês de março, a mesma província foi parar nos noticiários de todo o mundo quando as autoridades descobriram que um homem estava criando um urso . Ele encontrou o animal na floresta, pensou que fosse um cachorro e decidiu mantê-lo em uma jaula.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.