undefined
Reprodução/Facebook
Anúncios eróticos apareciam sempre que Dylan passava de fase no jogo

Um homem ficou furioso após descobrir que seu filho de três anos de idade foi exposto a anúncios de um site pornô  enquanto jogava em uma máquina na unidade da rede McDonald’s em Bristol, na Inglaterra.

Leia também: Chuva deixa turistas ilhados em "van do Scooby-Doo" em área cheia de crocodilos

Paul Hodder, de 42 anos, conta que resolveu agradar o pequeno Dylan levando-o para comer no local na noite de sábado (3), pois o garoto acabara de se recuperar de uma infecção. Segundo ele, o menino sentou-se na frente do tablet para fazer a refeição e jogar, quando se deparou com os anúncios de conteúdo adulto .

“Deixei meu filho jogando na máquina, quando percebi a imagem de uma mulher deitada em uma cama. Era uma propaganda de um site de relacionamentos com o slogan ‘mulheres maduras que sempre dizem sim’. Havia também um link incentivando os usuários a encontros. Assim que vi, desliguei o aparelho. Dylan estava bem confuso e ficava me perguntando quem era aquela senhora”, afirmou ao Mirror .

Leia também: Em aposta com esposa, pai recebe mais de 1 milhão de likes e chama filho de Goku

Você viu?

Interrupções no jantar de família

O britânico disse que, depois de alguns minutos, ligou o tablet e deixou a criança jogar novamente, entretanto, se assustou ao perceber que sempre que o garoto passava de fase, uma imagem ‘mais ousada’ surgia na tela.

“Eu desliguei, voltei a colocá-la para funcionar e a reconfigurei, até que Dylan passou de fase e uma mulher escorregando em um corrimão apareceu, sugerindo que pressionasse um botão vermelho. De primeira, comecei a rir, mas, depois, pensando como pai, decidi chamar o gerente para que nenhuma outra criança tivesse acesso àquelas coisas”.

Após comprovar as reclamações do cliente, o gerente da lanchonete teve que desativar a máquina, uma vez que os anúncios continuaram a aparecer entre os jogos infantis. De acordo com o porta-voz do McDonald's, o incidente ainda está sendo investigado.

Leia também: Homem captura vídeo de suposto "fantasma famoso" no Peru chamado 'La llorona'

"Estamos analisando o que pode ter acontecido com esse tablet em específico. Tomamos cuidado para garantir que os conteúdos acessados através de nossa conexão wi-fi sejam apropriados para os menores. No momento, só podemos nos desculpar pelo constrangimento causado por esses anúncios”, expôs.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários