Tamanho do texto

Amanda Teague tem 45 anos e é da Irlanda do Norte; ela relata que sua família apoia o casamento com o fantasma Jack e que levam uma vida normal

Amanda e  Jack no dia do casamento; ela conta que que ter uma cerimônia tradicional sempre foi um de seus sonhos
Reprodução/Triangle News
Amanda e Jack no dia do casamento; ela conta que que ter uma cerimônia tradicional sempre foi um de seus sonhos

Você está cansado de se relacionar amorosamente com seres humanos que só partem seu coração? Bom, talvez a história de Amanda Teague possa te inspirar para tentar relacionamentos "mais alternativos". Isso porque, depois de alguns namoros frustrados, a mulher de 45 anos decidiu abandonar os homens e se casar com um fantasma.

Leia também: Bêbado, russo é preso por furtar tanque de guerra para roubar garrafa de vinho

Pode parecer impossível, mas, segundo Amanda, seu relacionamento com o fantasma Jack é "como o de todo casal". Eles vivem juntos, vão a encontros românticos e tem uma vida sexual saudável. Para Amanda, o fato de seu marido ter morrido há mais de 300 anos é só um detalhe. 

Conexão espiritual e casamento

Teague, uma grande admiradora do pirata Jack Sparrow, é da Irlanda do Norte e teve cinco filhos com seu ex-marido humano. Ela conta que, mesmo com a relação duradoura, nunca sentiu uma conexão e uma sintonia tão forte com o ex como a que tem com Jack.

Ela relata que, mesmo sem ver a forma física de seu amado, sabe que ele era um pirata haitiano com cabelos escuros e que foi executado por alguns crimes que cometeu em 1700. De acordo com a norte-irlandesa, a história dele foi o que os uniu inicialmente como amigos, e depois como namorados, já que passaram a cultivar sentimentos muito fortes um pelo outro.

“Nós nos tornamos muito próximos. Quanto mais o conhecia, mais gostava dele. Um dia ele me disse que a gente podia ficar juntos, mas eu estava receosa. Nunca tinha ouvido falar em um relacionamento íntimo entre uma humana e um espírito”, afirmou ao jornal Metro .

Leia também: Professor é investigado por enviar 'nude sensual' para ex-aluno adolescente

Amanda assegura que, após pesquisar sobre o assunto, viu que seu caso não era isolado. “Muitas pessoas estão em relacionamentos espirituais, só não gostam de falar sobre isso. Amo estar com Jack, ele é muito poderoso, consegue ligar e desligar luzes e mover objetos", relata.

 A mulher diz que o apoio de sua família foi um fator crucial para Jack pedi-la em casamento. "Eu comentei com ele que não estava gostando desse negócio de sexo casual, e que queria algo mais sério. Foi então que ele me pediu em casamento. Foi muito importante para mim, sempre sonhei com aquelas cerimonias tradicionais, com vestido branco e tudo o que tenho direito”, lembra.

Os ‘pombinhos’ realizaram a casamento em alto mar, alugando um barco que comportava 12 amigos próximos e familiares. Na cerimônia, Jack foi "representado" por uma bandeira pirata.

Leia também: Ladrão quer processar mercado por ter machucado os testículos durante assalto

Amanda relata que está muito feliz com a vida de casada e que recomenda que pessoas que passaram por relacionamentos ruins tentem se aventurar, se abrindo para coisas novas. “Um amor fantasma pode ser surpreendente. Óbvio, existem coisas como o contato físico , que são diferentes, mas nada que não dê para se acostumar. Eu e Jack sentimos tudo igualmente”, conclui.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.