Tamanho do texto

Esse, porém, não foi o único gasto "inapropriado" de Kristi Lyn Goss, ex-funcionária pública do condado de Garland, no Arkansas, Estados Unidos

A ex-funcionária pública Kristi Lyn Goss usou dinheiro público para uso pessoal, incluindo um smoking canino
Reprodução/Twitter NBC4
A ex-funcionária pública Kristi Lyn Goss usou dinheiro público para uso pessoal, incluindo um smoking canino


Kristi Lyn Goss, de 44 anos, foi presa por usar dinheiro público para comprar diversos itens pessoais. Ex-funcionária do condado de Garland, do estado norte-americano do Arkansas, a mulher gastou cerca de 200 mil dólares (R$ 627 mil) em objetos como um smoking para o seu cachorro, e agora enfrenta seis acusações de fraude.

Leia também: Fantasiado de panda, homem invade loja e rouba arma de airsoft nos EUA

Presa em outubro de 2016, Goss usou o dinheiro do condado para adquirir itens como ingressos esportivos, um bracelete de diamantes, roupas, lanches para seus filhos, plano de saúde para animais de estimação e até mesmo um um smoking para seu cachorro pug. Detida desde então, a mulher foi a julgamento na última segunda-feira (11), sendo considerada culpada pelos crimes.

Sua sentença será estabelecida dia 22 de novembro e, de acordo com as acusações, pode ficar até 20 anos na prisão .

A opinião dos americanos

De acordo com alguns tuítes, um grande número de americanos não está revoltado ou irritado com os crimes cometidos por Goss. Muito pelo contrário, alguns não conseguiram enxergar o problema, afinal, o pequeno cão ficou muito "elegante" com sua nova roupa.


A usuária "@Shannnbann", por exemplo, escreveu que "o meu único problema com essa história é não ter pensado em fazer isso antes".


"Definitivamente um gasto necessário. Ohe para essa pequena carinha fofa!", brincou Abe Behrmann.


Matthew Baldwin aproveitou o momento para propor um novo projeto orçamentário para os Estados Unidos. "Todo dólar que gastamos para bancar as viagens de Trump devem ser usados para comprar smoking para cachorros". O que você achou da ideia?

Leia também: Para fugir de fotografias, urso invade hotel e escala móveis no Alasca