Procurado pela policia estadual de Vermont – onde o crime ocorreu – o homem visitou a loja anteriormente em busca da mesma arma roubada

Depois do assalto à loja, o homem vestido de panda é procurado pela polícia estadual de Vermont, nos EUA
Reprodução/Vermont State Police
Depois do assalto à loja, o homem vestido de panda é procurado pela polícia estadual de Vermont, nos EUA


A polícia estadual de Vermont, nos Estados Unidos, está pedindo ajuda para identificar um "criativo" assaltante. De acordo com o jornal Burlington Free Press , um homem vestiu uma fantasia de panda para invadir a loja esportiva Dicks Sporting Goods, para poder roubar uma arma de airsoft na última segunda-feira (11).

Leia também: Mulher "se livra" de algemas, rouba viatura e é perseguida pela polícia; assista

Segundo o mesmo jornal, os funcionários relataram aos policiais que o suspeito apareceu na loja, pela primeira vez, durante a manhã. Sem a roupa de  panda , ele perguntou se a Dicks Sporting Goods vendia uma arma de airsoft específica, e quando descobriu que o artefato estava disponível para compra, foi embora e explicou que mais tarde voltaria para levá-la.

Os vendedores só não imaginaram que ele não planejava pagar pela compra. Agora, os policiais da cidade de Williston buscam toda a ajuda possível para identificar o "engraçadinho". Então, se você viu alguém com uma fantasia peculiar nas ruas de Vermont, não hesite e chame a polícia.

"Freiras" criminosas

Parece que usar fantasias durante assaltos é uma tendência no país. Em outro caso, o FBI e o Departamento de Polícia do Povoado de Pocono, dos Estados Unidos, atuaram uma missão importante: identificar duas “ freiras ” que tentaram assaltar um banco na última semana de agosto. O caso aconteceu na cidade de Tannersville, estado da Pensilvânia.

Vestindo trajes tradicionais de freiras, as duas mulheres invadiram um banco na cidade de Tannersville, nos Estados Unidos
Reprodução/Twitter FBI Philadelphia
Vestindo trajes tradicionais de freiras, as duas mulheres invadiram um banco na cidade de Tannersville, nos Estados Unidos


Como mostram as imagens das câmeras de segurança, as suspeitas foram descritas como duas mulheres latinas, de aproximadamente 1,55 metro de altura, vestindo hábitos pretos e véus. Uma delas também usava óculos de sol (lentes escuras), em uma tentativa de esconder sua real identidade.

Agora, o FBI e a polícia local estão em buscas de pistas e testemunhas que possam ajudá-los a desvendar o mistério das “religiosas criminosas ”, já que a dupla foi considerada muito perigosa. Ainda não se sabe quais motivações as levaram a usar hábitos religiosos durante a tentativa de assalto. 

Tanto as freiras quanto o "panda" ainda são procurados pelas autoridades dos Estados Unidos.

Leia também: "Discreta", mulher tenta se esconder da polícia em seção de vegetais de mercado

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.