undefined
Reprodução/Facebook Iver Parish Council
Batizados de "Billy" e "Belinda", as balizas querem conscientizar motoristas imprudentes


Uma inovadora medida, implementada pelo governo do Reino Unido, foi responsável por colocar balizas com formato de crianças na cidade de Iver, no sul do país. Batizados de “Billy” e “Belinda”, os bonecos foram colocados nas proximidades de uma escola com o objetivo de chamar a atenção de motoristas imprudentes.

Leia também: Mulher afirma que sua casa é assombrada pelo fantasma de uma criança; entenda

De acordo com o Iver Parish Council (IPC), é esperado que os condutores percebam que, estando em uma área escolar, é preciso reduzir a velocidade para zelar pela segurança das crianças . A medida, entretanto, dividiu opiniões entre os moradores da área e os usuários das redes sociais.

As 11 balizas, que custaram mais de cinco mil libras (cerca de R$ 20 mil reais), foram chamadas de “bizarras” e “completamente assustadoras” pelos moradores locais, assim como por muitas pessoas que ficaram sabendo da medida por meio da internet. “Se eu fosse um motorista, essas balizas iam me assustar e eu acabaria batendo o carro”, explicou Connor McGinn, de acordo com o portal Metro .

Leia também: Mulher dá à luz na rua, sai andando e para em restaurante para comer; assista

O outro lado da história

Em sua defesa, o IPC esclareceu que considerou as mais diversas opiniões antes de colocar a ideia em prática e, por isso, ela foi considerada a melhor maneira de alcançar os objetivos previstos. “Qualquer coisa que pudermos fazer para que os motoristas sejam mais atentos em uma área escolar é uma boa medida”, argumentou no site oficial.



Alguns moradores, inclusive, concordam com o IPC. Sharon Pollard, que costuma passar pela área, escreveu que “não gostei das balizas de crianças no início, mas depois de dirigir algumas vezes pela região, pude perceber o seu benefício , especialmente ao demonstrarem que há um escola nas proximidades”.

Leia também: Asfalto "engole" perna de homem em rua de Nova York; assista ao vídeo

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários