Richard Sigman, de 47 anos, é o principal suspeito de ter matado a estudante Anna Jones, de 18
Reprodução
Richard Sigman, de 47 anos, é o principal suspeito de ter matado a estudante Anna Jones, de 18

Um professor universitári o foi preso pelo assassinato a tiros de uma aluna, na cidade americana de Carrolton, no estado da Geórgia, neste domingo. O Richard Sigman, de 47 anos, é o principal suspeito de ter matado a estudante Anna Jones, de 18 anos.

O Departamento de Polícia de Carrollton disse, em um comunicado à imprensa, que Sigman atirou em um carro estacionado após uma discussão com um homem em uma pizzaria. O tiroteio aconteceu pouco depois da meia-noite de sábado.

Uma testemunha afirmou à polícia que Sigman havia ameaçado matá-lo durante uma discussão, e a segurança então pediu a Sigman para sair. 

Os investigadores acreditam que quando Sigman saiu, ele caminhou até o estacionamento e começou a atirar em um veículo estacionado, atingindo Anna.

A estudante ainda chegou a ser socorrida, mas morreu no hospital. O docente foi acusado de assassinato e agressão agravada.


Nesta segunda-feira, a Universidade de West Georgia informou que o professor foi demitido. Em nota, a instituição de ensino afirmou que tem colaborado com a polícia na investigação.

"Em nome da universidade, desejamos transmitir nossas mais profundas condolências à família de Anna e seus amigos", diz o comunicado assinado pelo presidente da instituição, Brendan Kelly.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.  Siga também o  perfil geral do Portal iG.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários