Nicholas Bostic salvou um bebê, três garotas e uma jovem de uma casa em chamas nos EUA
Reprodução 19/07/2022
Nicholas Bostic salvou um bebê, três garotas e uma jovem de uma casa em chamas nos EUA

Um bebê, três garotas e uma jovem de 18 anos foram retiradas em segurança de uma casa em chamas nos EUA por um estranho, que em dado momento do resgate chegou a pular de uma janela no segundo andar com uma delas nos braços — tudo em menos de 15 minutos e antes da chegada dos bombeiros.

O feito foi de Nicholas Bostic, de 25 anos, que, desde então, vem repercutindo entre internautas. A polícia de Lafayette, em Indiana, divulgou um vídeo em suas redes sociais que mostra o momento do resgate.

"O que ele não entende é que suas ações não foram comuns, foram extraordinárias", disse o tenente Randy Sherer, do Departamento de Polícia de Lafayette. "Ele desceu as escadas para salvar aquela garotinha quando pensou que era impossível momentos antes. Ele sabia que estava arriscando sua vida. Só há uma maneira de definir isso: corajoso e heroico".

Segundo o Washington Post, Nicholas estava a caminho de abastecer o carro na última semana quando foi surpreendido pelo incêndio. Em vez de seguir seu caminho, contudo, ele optou por estacionar e ajudar como pudesse. Nicholas relatou que se aproximou do imóvel e sua primeira ação foi tentar se certificar se havia alguém lá dentro. Por isso, buscou uma entrada na casa e viu que poderia entrar na residência pela porta dos fundos.

A princípio, não escutou qualquer resposta. Pouco depois, entretanto, assim que se preparava para ir embora, viu uma jovem de 18 anos no topo da escada acompanhada por outras vítimas menores, suas irmãs Shaylee, de 13 anos, e Kaleia (1), além de uma amiga de sua irmã, Livian Knifley (13). No entanto, entre aquele grupo faltava uma menina, que a mais velha não sabia onde estava.

De acordo com Nicholas, Seionna Barrett estava buscando Kaylani, de 6 anos, chamada carinhosamente de Baby K. De imediato, Seionna pediu ajuda para salvá-la. Rapidamente, Nicholas tratou de localizar a menina, conforme seguiu o som de seu choro, já que a visão estava prejudicada pela fumaça.

Por fim, ao encontrá-la, voltou ao segundo andar pois o primeiro estava consumido pelas chamas e se jogou da janela com Baby K nos braços, deixando apenas seu próprio corpo sofrer o impacto no solo, de forma que pudesse protegê-la o máximo possível.

"Eu a enrolei no meu braço como uma bola de futebol, então senti meu caminho de volta pelas escadas", relatou ele ao Washington Post. "Estava extremamente quente e esfumaçado, e era doloroso respirar. A única luz que eu podia ver vinha dos quartos do andar de cima. Então eu fui até lá".

As sobreviventes e o jovem foram socorridos a um hospital. Nicholas teve inalação de fumaça e queimaduras de primeiro grau em algumas partes do corpo. Os pais das meninas demonstraram gratidão a ele conforme foram chamados pelas autoridades até a casa, destruída pelo fogo. Ainda não foi determinada a causa do incêndio.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo. Siga também o  perfil geral do Portal iG.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários