Kiev, capital da Ucrânia
Reproducao: Youtube
Kiev, capital da Ucrânia

governo da Ucrânia agradeceu nesta sexta-feira (15) a Itália por demonstrar apoio a Kiev em meio aos desafios impostos pela Rússia, desde o início da invasão em 24 de fevereiro.

O agradecimento foi feito pelo ministro das Relações Exteriores da Ucrânia, Dmytro Kuleba, em uma publicação no Twitter, após conversa com o chanceler italiano, Luigi Di Maio.

"Falei com meu colega e amigo italiano Luigi Di Maio para agradecer a ele e a toda a grande equipe do primeiro-ministro Mario Draghi por apoiar firmemente a Ucrânia e demonstrar o papel de liderança da Itália na proteção da Europa contra o desafios colocados pela Rússia na frente econômica e de segurança", escreveu.

Recentemente, Kuleba já havia afirmado que "a Itália escolheu o lado certo da história" e "apoiar a Ucrânia é a única maneira de aproximar a paz na Europa".

"Negar o apoio à Ucrânia encorajaria a Rússia a continuar a guerra e expandi-la além das fronteiras da Ucrânia", disse o ministro ucraniano na ocasião.

Di Maio, por sua vez, já declarou em diversas ocasiões que a Itália continua trabalhando para promover um processo diplomático para alcançar uma paz duradoura e encerrar a guerra iniciada pelo regime de Vladimir Putin.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.  Siga também o  perfil geral do Portal iG.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários