Primeiro-ministro italiano anunciou a renúncia nesta quinta-feira
Ansa
Primeiro-ministro italiano anunciou a renúncia nesta quinta-feira

A atual crise política na Itália "não muda as relações" com os Estados Unidos, afirmou um dos porta-vozes da Casa Branca nesta sexta-feira (15).

"Os EUA e a Itália são aliados muito próximos e as relações entre nossos povos é forte. Continuaremos a trabalhar juntos e estreitamente sobre uma série de importantes prioridades, como o apoio à Ucrânia contra a agressão russa", disse à ANSA.

A Itália sob Draghi tem sido uma das principais vozes europeias na defesa de Kiev e na imposição de sanções duras contra a Rússia por conta dos ataques.
O representante foi questionado por conta do pedido de renúncia apresentado pelo primeiro-ministro do país, Mario Draghi, nesta quinta-feira (14).

A solicitação, no entanto, foi rejeitada pelo presidente Sergio Mattarella, que ordenou que o premiê fizesse consultas ao Parlamento para verificar se ainda há uma maioria que possa manter o atual governo. A ida ocorrerá na próxima quarta-feira (20).

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo. Siga também o  perfil geral do Portal iG.





    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários