Salah Abdeslam foi transferido da França para a Bélgica
Ministério de Interior da Bélgica
Salah Abdeslam foi transferido da França para a Bélgica

O franco-marroquino Salah Abdesla m, único sobrevivente entre os autores materiais dos atentados terroristas de 13 de novembro de 2015, em Paris, foi transferido da França para uma prisão na Bélgica, onde será julgado ainda neste ano.

Abdeslam, de 32 anos de idade, deixou a prisão Fleury-Merogis, localizada no sul da capital francesa, e foi levado para o presídio belga de Ittre, que fica entre Bruxelas e Charleroi.

O terrorista ficará detido na Bélgica até seu julgamento em 10 de outubro. Na oportunidade, Abdeslam será julgado por seu envolvimento nos ataques em Bruxelas no mês de março de 2016, que foram efetuados pela mesma célula por trás dos atentados de Paris.


A ação do grupo terrorista em território belga deixou 32 pessoas mortas em um aeroporto e em uma estação de metrô de Bruxelas. O julgamento no país europeu, no entanto, poderá durar até o verão de 2023.

Na França, Abdeslam foi condenado à prisão perpétua sem possibilidade de reduções ou descontos em sua pena. O homem recebeu a pena máxima exatamente como solicitada pela acusação, a procuradoria nacional antiterrorismo.

Abdeslam participou ativamente dos atentados em Paris, mas, ao contrário de seus comparsas, não detonou o próprio corpo como estava planejado e acabou preso. Os ataques deixaram 130 mortos na casa de shows Bataclan, em bares e restaurantes do 10º e do 11º arrondissements de Paris e nos arredores do Stade de France, em Saint-Denis.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.  Siga também o  perfil geral do Portal iG.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários