Idoso acusado por Aline de xenofobia, instantes antes de ele agredi-la com uma sacola
Reprodução: Instagram / @alinelima13_
Idoso acusado por Aline de xenofobia, instantes antes de ele agredi-la com uma sacola

Uma jornalista brasileira denunciou um idoso por xenofobia após sofrer agressões verbais e físicas no vagão de um trem de Braga, cidade ao norte de Portugal. Aline Lima, de 28 anos, gravou toda a cena com o celular. Nas imagens, é possível ver que o homem sugere que ela "retorne para seu país" e, logo depois, a agride no rosto com uma sacola. A confusão ocorreu na sexta-feira (8).

Em seu perfil no Instagram , Aline conta que carregava consigo um patinete motorizado quando entrou no vagão e guardou o equipamento, que é dobrável, debaixo do banco. O idoso, então, teria dito que ela não poderia colocar o patinete ali. Na sequência, teria insinuado ainda que ela veio ao país e "acha que pode fazer o que quiser".

"Fiquei calada, ele é mais velho", afirmou Aline. "Aí ele me solta a famosa frase: 'Voltas para o teu país'. O sangue ferveu. Comecei a filmar. Falei: 'Como é que é? Você vai pagar para eu ir?'". No momento em que ela levantou, conta, o homem a agrediu.

Brasileira acusa idoso de xenofobia em Portugal
Reprodução: Instagram / @aline13_

Aline, instantes após ser agredida fisicamente pelo idoso

Ainda no Instagram, a jornalista lamentou o fato de que "várias pessoas" estavam ao redor, mas "ninguém se prontificou a ajudar em nada". Ela foi à delegacia para protocolar formalmente uma denúncia contra o idoso, na esperança de que ele seja devidamente punido. "À medida que eu tiver resposta, aviso", disse.

"Eu não vou desistir, vou até o final. Não me interessa que ele é de idade. Por ser de idade, deveria ter mais consciência, já viveu muito. Já viu muita coisa, tinha que saber mais do que eu que sou mais nova", afirmou.

"Esse mês faz três anos que estou em Portugal. Já houve algumas piadas, mas nada tão grave. A gente sempre vê coisas extremas, mas nunca acha que vai acontecer com a gente", completou.

Segundo a CICDR (Comissão para a Igualdade e contra a Discriminação Racial), órgão ligado ao governo português, denúncias de casos de xenofobia contra brasileiros em Portugal aumentaram 433% desde 2017. O crescimento coincide com o período em que a comunidade imigrante do Brasil voltou a crescer no país europeu. Em 2017, 18 queixas foram registradas. Em 2020, ano com dados mais recentes, esse número subiu para 96.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo. Siga também o perfil geral do Portal iG

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários