Jayland Walker foi alvejado com 60 tiros de policiais de Akron, em Ohio
Reprodução - 04.07.2022
Jayland Walker foi alvejado com 60 tiros de policiais de Akron, em Ohio

A polícia de Akron, em Ohio, divulgou neste domingo (3) as imagens da perseguição que mostrou a morte de um jovem negro de 25 anos, chamado Jayland Walker, e gerou uma série de manifestações contra o racismo na localidade.

Foram dezenas de tiros disparados contra ele. O advogado da família afirmou à mídia local que foram mais de 90 disparos. Já a análise da perícia apontou 60 perfurações à bala.

Walker foi morto após uma perseguição policial de cerca de 45 minutos na última segunda-feira (27) por não parar em uma blitz. Ele tinha algumas infrações de trânsito e teria fugido por conta disso.

Nas imagens, feitas pela câmera no uniforme de um dos policiais, é possível ver o momento em que o jovem é encurralado em um parque e um dos agentes usa uma arma taser para tentar pará-lo.

Como ele continua a tentar fugir, dezenas de tiros foram disparados contra ele.

O chefe da polícia de Akron, Steve Myllett, mantém a versão de que Walker disparou um tiro contra os agentes enquanto ainda estava no carro, mas as imagens mostram que ele estava desarmado enquanto fugia a pé. No entanto, informou que os oito agentes que estavam envolvidos nos disparos foram afastados das funções enquanto as investigações são realizadas.

O caso reacendeu as discussões sobre a forma como a polícia trata suspeitos negros em todo o país, mostrando um racismo estrutural nas abordagens.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo. Siga também o  perfil geral do Portal iG.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários