Putin admitiu pela primeira vez que Ucrânia afundou navio russo
Reprodução / Record News - 31.03.2022
Putin admitiu pela primeira vez que Ucrânia afundou navio russo

Pela primeira vez, a Rússia admitiu que um de seus navios de guerra foi afundado por um ataque da Ucrânia ao falar neste domingo (3) sobre a remoção dos restos da embarcação para evitar uma explosão.

Segundo uma mensagem postada no Telegram por um funcionário nomeado por Moscou para a Ucrânia Meridional, Vladimir Rogov, e obtida pela "BBC", a Rússia afirma que conseguiu recuperar "um grande navio para desembarque que foi afundado" no porto de Berdyansk. A remoção foi necessária "para prevenir a detonação das munições a bordo".

Ainda conforme Rogov, o navio foi atingido por mísseis balísticos Tochka-U e seus restos agora serão transportados para a Crimeia.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo. Siga também o  perfil geral do Portal iG

A embarcação citada é a Saratov, que foi alvo de um ataque ucraniano no porto local em 24 de março deste ano. À época, Kiev informou que sete mísseis tinham sido disparados contra o local causando danos à infraestrutura portuária e afundando um navio.

Porém, Moscou sempre negou que os ucranianos tivessem atacado qualquer embarcação russa.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários