Rompimento de geleira deixou mortos e feridos nos Alpes italianos
Reprodução/redes sociais
Rompimento de geleira deixou mortos e feridos nos Alpes italianos

Pelo menos cinco pessoas morreram e oito ficaram feridas neste domingo depois que parte de uma geleira se rompeu nos Alpes italianos. A informação foi confirmada por Michela Canova, porta-voz do serviço de emergência local.

"Infelizmente, cinco pessoas foram encontradas mortas", disse Canova à AFP , acrescentando que o total de vítimas "ainda é provisório".

Conforme o jornal Corriere della Sera , até o momento, dois sobreviventes foram transportados para o hospital de Belluno, um, em estado grave, foi encaminhado para Treviso e 5 estão em uma unidade de saúde de Trento.

A geleira faz parte da montanha Marmolada, que tem cerca de 3.300 metros de altura, e está situada na cordilheira das Dolomitas. Autoridades estimam que 15 pessoas estavam no local quando houve o deslizamento. Vídeos publicados nas redes sociais mostram uma grande quantidade de neve e gelo descendo pelo pico com bastante velocidade.

Segundo as informações do Socorro Alpino, a enorme placa de gelo se desprendeu próxima a Punta Rocca, um ponto muito usado por alpinistas para conseguir chegar ao topo da Marmolada. Todas as equipes da organização foram mobilizadas para o local, bem como cinco helicópteros das regiões do Vêneto e do Trentino-Alto Ádige.

"Nós ouvimos um forte estrondo, típico de uma avalanche, e depois vimos descer em alta velocidade uma espécie de avalanche de neve e muito gelo e entendemos que algo de muito grave tinha acontecido. Com os binóculos, é possível ver o rompimento do maciço e é provável que mais parte caiam", disse um dos responsáveis pelo alojamento de esqui Rifugio Castiglioni Marmolada à agência ANSA.


No Twitter, os Bombeiros da Itália informaram que operações estão em andamento para buscar por vítimas e sobreviventes.


Ainda não é possível determina o que causou o desprendimento, mas a imprensa local ressalta que a tragédia ocorreu um dia depois da localidade atingir o recorde histórico de temperatura para essa época do ano: 10 graus.

A Ministra para Assuntos Regionais da Itália, Mariastella Gelmini, lamentou o deslizamento.

"Mortos, feridos, desaparecidos. Um enorme pedaço de gelo se desprendeu na Marmolada e a avalanche arrastou tudo. Uma tragédia. Envio minhas condolências às famílias das vítimas e um agradecimento aos socorristas por seu precioso trabalho", escreveu em uma rede social.

— Com informações de agências internacionais

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.  Siga também o  perfil geral do Portal iG.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários