Emmanuel Macron
Reprodução Redes Sociais - 19.06.2022
Emmanuel Macron

Os franceses foram às urnas nesse domingo (19) para garantir o turno final das eleições do parlamento. A eleição é considera peculiar para o chamado  'centrão' , liderado pelo atual presidente Emmanuel Macron  que disputa votos com a aliança de esquerda recém criada por Jean-Luc Melenchon (NUPES). O resultado desse ano vai mudar a forma com a política francesa é conduzida. 

A votação começou às 8 da manhã e terá resultados prévios a partir das 20h, logo após o encerramento das urnas. As pesquisas de opiniã na França revelam que o grupo do governo Macron deve continiar com o maior número de assentos mas possivelmente ficará abaixo das 289 vagas necessárias para maioria absoluta.

De acordo com véiculos internacionais, a principal ameaça de Macron  nessas eleições é formada pela aliança de esquerda mais 'radical' , sem excluir o bloco de Le Pen , que também está de em busca de novas cadeiras na casa. Além do bloco do atual presidente Macron, essa nova aliança que compõe partidos de esquerda, centro-esquerda e dos verdes da França, chamada  NUPES , deve emergir como o segundo bloco mais forte na votação, mas acredita-se que o grupo também não tenha chances de formar maioria absoluta.

As projeções mostram que os conservadores de centro-direita conhecidos como Les Republicains  devem ganhar força na aliança caso Macron a perca maioria absoluta. Mesmo sendo o quarto poder no parlamento, projeções de pesquisas mostram que a extrema-direita provavelmente terá seu maior sucesso parlamentar em décadas. 

O Rally Nacional goza de um apoio bastante forte em grande parte do país, mas raramente é a força única do eleitorado mais diversificado francês. Le Pen destacou a oportunidade para "tornar o governo de Emmanuel Macron um mandato de votos minoritários", disse em seu último discurso. 

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.  Siga também o  perfil geral do Portal iG.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários