Vladimir Putin, presidente da Rússia
Reprodução: commons
Vladimir Putin, presidente da Rússia

Um dirigente do Ministério das Relações Exteriores da Rússia afirmou nesta segunda-feira (13) que o país mantém um "diálogo aberto e reservado" com o Vaticano sobre a Ucrânia .

Em declaração à agência russa Ria Novosti, o diretor do departamento europeu da pasta, Alexey Paramonov, disse que a Santa Sé já se disponibilizou para "fornecer todo tipo de ajuda para alcançar a paz e colocar fim às hostilidades na Ucrânia".

"Essas afirmações são confirmadas na prática. Mantemos um diálogo aberto e reservado sobre uma série de questões, principalmente ligadas à situação humanitária na Ucrânia", contou Paramonov.

No início de maio, o  Papa Francisco revelou que está disposto a viajar a Moscou para se reunir com o presidente Vladimir Putin, mas a Rússia jamais respondeu à oferta.

Embora nunca tenha feito críticas nominais ao Kremlin ou a Putin, o pontífice já se posicionou claramente a favor da Ucrânia e faz recorrentes apelos contra a invasão.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.  Siga também o  perfil geral do Portal iG.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários