Destruição na cidade de Severodonetsk
Ansa
Destruição na cidade de Severodonetsk

As autoridades russas e ucranianas apresentaram neste sábado (4) versões contraditórias sobre o controle de Severodonetsk, importante cidade de Lugansk e último obstáculo para Moscou reivindicar a liderança total da província.

Segundo o general do exército russo, Mikhail Mizintsev, citado pela Ria Novosti, as tropas ucranianas sofreram graves perdas, um total de até 90% de seus militares, nos combates em Severodonetsk, no leste da Ucrânia, e estão recuando para Lysychansk.

"As unidades das Forças Armadas da Ucrânia, tendo sofrido perdas críticas (em um número de unidades de até 90%) durante as batalhas por Severodonetsk, estão recuando para Lysychansk", disse o russo.

A cidade vizinha teve cerca de 60% das casas destruídas e as conexões de telefone celular, internet e gás cortadas, de acordo com o prefeito Oleksandr Zaika.

Por outro lado, o estado-maior das forças armadas da Ucrânia relataram que lutam "para estabelecer o controle total da cidade".

O governador ucraniano de Lugansk, Serhyi Gaidai, inclusive, garantiu que as tropas de Kiev estão recuperando parte da cidade e conseguiram fazer as forças russas recuarem em Severodonetsk, onde Moscou concentra sua ofensiva.

"Se antes tínhamos uma situação difícil com cerca de 70% [da cidade] capturada, agora eles foram empurrados para trás em 20%", explicou Gaidai.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.  Siga também o  perfil geral do Portal iG.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários