Vladimir Putin visita soldados russos feridos pela guerra
Reprodução
Vladimir Putin visita soldados russos feridos pela guerra

O presidente da Rússia, Vladimir Putin , visitou nesta quarta-feira (25) o Hospital Militar Central Mandrika, em Moscou, para encontrar, pela primeira vez, soldados russos que foram feridos na guerra na Ucrânia, informou a agência Ria Novosti.

Vestindo um jaleco branco e acompanhado pelo ministro da Defesa, Sergey Shoigu, o líder russo conversou e cumprimentou os combatentes do Exército de Moscou, descrevendo-os como "heróis".

De acordo com o presidente russo, "independentemente das recompensas que" os participantes de operações militares especiais terão ou não, "estas são pessoas que arriscam sua saúde e suas vidas pelo bem do povo e das pessoas de Donbass, pelo bem da Rússia".

"Todos os que participam da operação militar especial de defesa do Donbass são heróis e devem ser tratados como heróis", disse Putin, conforme divulgado pela agência Tass.

Segundo a imprensa local, o porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, teria dito que Putin demonstra interesse "quanto às condições dos feridos no decorrer da operação especial" e apontou que sua agenda "tornou possível que ele fosse pessoalmente familiarizar-se [com as condições] e, mais importante ainda, falar com os militares".

A invasão russa à Ucrânia começou no último 24 de fevereiro e já deixou pelo menos 3.974 civis mortos e 4.654 feridos, de acordo com dados da Organização das Nações Unidas (ONU).

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.  Siga também o  perfil geral do Portal iG.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários