Supermercado onde ocorreu crime era da franquia Tops
Reprodução
Supermercado onde ocorreu crime era da franquia Tops

Pelo menos dez pessoas morreram neste sábado (14) depois de um homem entrar atirando com um fuzil em um supermercado na cidade de Buffalo, no estado de Nova York, nos Estados Unidos. As informações são da Associated Press (AP).

A polícia local disse à AP que o atirador, identificado como Payton Gendron, de 18 anos, estava sob custódia. Ele é morador de Conklin, uma comunidade a cerca de 320 quilômetros de distância de Buffalo, no estado de Nova York.


Ao todo, 13 pessoas foram baleadas, 11 negras e 2 brancas, o que vem levando as autoridades a creditarem o ataque como "crime de ódio e extremismo violento racialmente motivado". O tiroteio aconteceu em um bairro predominantemente negro.

A polícia disse que o atirador transmitiu o ataque ao vivo pelo Twitch, plataforma de transmissão on-line. Ele vestia uma roupa de camuflagem e um capacete preto.

O caso aconteceu em uma unidade da rede Tops Friendly Market que fica a cerca de cinco minutos do centro de Buffalo. O bairo é predominantemente negro e a área ao redor do mercado é majoritariamente residencial.

A governadora de Nova York, Kathy Hochul, disse, em uma publicação no Twitter, que está "monitorando de perto o tiroteio em uma mercearia em Buffalo", e que as autoridades estaduais ofereceram ajuda às autoridades locais.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários