Mergulhador participava de ação a serviço do tráfico internacional de drogas
PF-ES/Divulgação
Mergulhador participava de ação a serviço do tráfico internacional de drogas


Um mergulhador brasileiro que foi encontrado morto no mar da Austrália enquanto participava de uma ação a serviço do  tráfico internacional de drogas é suspeito de tentar resgatar uma carga de  cocaína de R$ 100 milhões.

Novas gravações da polícia australiana mostram um mergulhador da corporação ao lado de um barco usado para transporte de mercadorias a granel que havia naufragado na costa de Newcastle, região em que o corpo do brasileiro foi encontrado, de acordo com o site news.com.au .

A equipe de resgate foi acionada por volta das 9h30 da manhã da última segunda-feira (9), no horário local, após receberem chamados falando sobre um mergulhador inconsciente na costa.

Autoridades do porto da ilha de Kooragang, próximo a onde o homem foi encontrado, afirmaram que ele foi visto boiando nas águas da região, mas que o corpo depois foi puxado para a costa devido ao peso do equipamento de mergulho.

Os socorristas tentar reanimar o mergulhador, mas ele não resistiu e acabou morrendo no local. 

Pouco tempo depois, vários pacotes com cerca de 50 kg de um pó branco foram identificados nas águas da região. O material ainda passará por perícia, mas as autoridades acreditam se tratar de um carregamento de  cocaína com valor de venda estimado em U$ 20 milhões.

De acordo com o detetive Robert Critchlow, superintendente da divisão de Crimes Organizados da polícia local, o capixaba não deve ter agido sozinho. "É uma operação cara e sofisticada", disse ele a repórteres locais, nessa quinta (12).

O detetive acrescentou que a intenção do rapaz seria levar os pacotes à prova d'água para a superfície e transportá-los.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários