Finlândia na Otan é “definitivamente” ameaça à Rússia, diz Kremlin
Divulgação/Kremlin
Finlândia na Otan é “definitivamente” ameaça à Rússia, diz Kremlin

Nesta quinta-feira (12), o porta-voz do governo da Rússia, Dmitry Peskov, afirmou que a “expansão da Otan não torna o continente mais estável e seguro”.

Para o porta-voz, a decisão da Finlândia de pedir para participar da Organização do Tratado do Atlântico Norte é “definitivamente” uma ameaça direta ao Kremlin.

De acordo com Peskov, o anúncio da Finlândia “é uma razão para respostas simétricas correspondentes” por parte da Rússia. Ele disse que tudo dependerá de “até que ponto a infraestrutura militar [da Otan] se aproximará” das fronteiras russas.

O presidente russo, Vladimir Putin, citou a potencial expansão da Otan como uma das razões para o que chama de “operação militar especial” na Ucrânia. Os ucranianos pleiteavam entrar na organização. Em março, o líder da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, disse entender que o país “não poderá se juntar à Otan”.

O porta-voz do Kremlin declarou que “todos, incluindo a Rússia, querem evitar um confronto direto entre a Rússia e a Otan”. Entretanto, “a Rússia estará pronta para dar a resposta mais decisiva a quem tente de alguma forma entrar na Ucrânia e entrar na operação militar especial que agora está sendo realizada”.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários