Soldados russos em ação na Ucrânia
Reprodução / Twitter - 29.04.2022
Soldados russos em ação na Ucrânia

Um ex-soldado que trabalhou nas forças russas na Síria e em um conflito anterior na Ucrânia disse que as tropas da Rússia estão mal preparadas para enfrentar o exército ucraniano na guerra, que teve início em 24 de fevereiro .

Marat Gabidullin deixou o serviço em 2019 e informou à agência de notícias Reuters  que havia recebido uma ligação de um recrutador russo meses antes da invasão à Ucrânia o convidando para lutar contra o país.

Ele disse ter recusado o convite porque, em parte, sabia que as forças russas não estavam à altura do trabalho. "Eles foram pegos completamente de surpresa quando perceberam que o exército ucraniano resistiu tão ferozmente e que enfrentaram os soldados russos", disse Gabidullin.

Ele disse que as pessoas com quem conversou do lado russo lhe disseram que esperavam enfrentar milícias desorganizadas quando invadissem a Ucrânia, não tropas regulares bem treinadas.

"Eu disse a eles: 'Gente, isso é um erro'", afirmou Gabidullin, que agora está na França, onde publica um livro sobre suas experiências de guerra.

O porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, no entanto, disse que não sabia quem era Gabidullin e se ele já foi membro de empresas militares privadas. "Nós, o Estado, o governo, o Kremlin, não temos nada a ver com isso", disse ele.

Desde o início da invasão ao território ucraniano, a  Rússia chama as investidas no país de "operação especial" que, de acordo com o presidente russo Vladimir Putin, não foi projetada para ocupar território, mas para destruir as capacidades militares de seu vizinho do sul e capturar o que considera "nacionalistas perigosos".

Gabidullin disse ter feito parte de um pequeno, mas crescente grupo de pessoas na Rússia com experiência em segurança que apoiaram as incursões estrangeiras do presidente Vladimir Putin, mas agora dizem que a maneira como a guerra está sendo conduzida é incompetente.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários