Destruição nos subúrbios de Kiev, na Ucrânia
Reprodução / OHF News - 03.04.2022
Destruição nos subúrbios de Kiev, na Ucrânia

O governo ucraniano informou que há mais de mil mortos em necrotérios na região de Kiev. A Rússia retirou as tropas da capital, desde então os corpos começaram a aparecer, segundo o governo ucraniano, que acusa o país vizinho de realizar um "massacre", mas Moscou nega crimes de guerra.

"Um total de 1.020 corpos de civis, apenas civis, estão nos necrotérios de Kiev", declarou Olga Stefanishyna, vice-primeira-ministra ucraniana, na cidade de Borodianka, ao noroeste da capital.

Já conhece o canal do Último Segundo no Telegram ? Entre e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.

Segundo Stefanishyna, o total representa o número "encontrados nos imóveis e também nas ruas" da região de Kiev desde o início da invasão russa, em 24 de fevereiro.

O governador da região de Kiev, Alexander Pavliuk, disse que as vítimas ou foram mortas diretamente, ou torturadas até óbito.  Legistas estão examinando os corpos, segundo ele.

Em 3 de abril, a procuradora-geral da Ucrânia, Iryna Venediktova, disse que 410 corpos de civis haviam sido encontrados na região da capital ucraniana, retomada das tropas russas poucos dias antes. Uma semana depois, em 10 de abril, ela afirmou que que mais de 1.200 corpos foram encontrados na área, sem explicar se eram apenas civis.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários