Polícia interdita área de tiroteio em estação de metrô no Brooklyn, em Nova York, nos EUA
Reprodução: redes sociais - 12/04/2022
Polícia interdita área de tiroteio em estação de metrô no Brooklyn, em Nova York, nos EUA

As autoridades de Nova York realizaram uma coletiva de imprensa nesta tarde para divulgar mais informações sobre o tiroteio que deixou 16 pessoas feridas e oito baleados na estação de metrô do Brooklyn , em Nova York, nos Estados Unidos.

A comissária de polícia de Nova York começou dizendo como os disparos foram iniciados. "Antes das 8h46 desta manhã, uma pessoa parece ter entrado na estacão usando uma máscara de gás. Em seguida ela usou um dispositivo para gás e depois começou a atirar em várias pessoas no trem e na plataforma, relatou a policial.

"Esta pessoa ainda está solta e é uma pessoa perigosa. Pedimos que todos fiquem alerta", ressaltou a comissária.

Em seguida, a governadora de Nova York, Kathy Hochul, tomou a palavra e declarou que forças novaiorquinas estão trabalhando na apuração do caso.

"Chega de tiroteios, estamos cansados, enjoados de tantos tiroteios. Estamos investigando o que está acontecendo. Nos continuaremos obtendo informações e pedimos a união dos novaiorquinos com o propósito de dizer chega", disse Hochul.

A governadora ainda afirmou que o prefeito de Nova York, Eric Adams, está com Covid, mas está acompanhando a situação de perto. "Ele foi policial por mais de 20 anos e está em contato com a polícia para acompanhar a situação".

Sobre as vítimas, dez pessoas foram baleadas e cinco estão em situação crítica, mas estável, segundo os bombeiros.

Leia Também

Em relação ao metrô, as autoridades afirmaram que, no momento, os serviços de algumas linhas foram suspensos, mas boa parte do sistema está funcionando normalmente.

Questionada por jornalistas sobre onde os disparos começaram, a comissária de polícia afirmou que tiroteio começou dentro do trem.

"O suspeito colocou a máscara, lançou a fumaça e começou os disparos dentro do trem", declarou a policial.

Segundo as autoridades, a determinação do ataque ainda está sendo investigada. "Estamos investigando, o trem estava chegando na estação. Não sabemos a motivação no momento, estamos investigando".

Sobre a forma que as vítimas foram feridas, os policiais e bombeiros afirmaram que não se sabe ao certo. "Pode ter sido a inalação de fumaça, ferimentos... não sabemos ao certo, mas podem ter ferimentos causados durante a fuga também", finalizou a policial.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários