Imran Khan foi destituído do cargo pelo Parlamento no sábado
Reprodução / Google Maps - 11.03.2022
Imran Khan foi destituído do cargo pelo Parlamento no sábado

O primeiro-ministro do Paquistão , Imran Khan, foi destituído da função na noite deste sábado (9) após a Assembleia Nacional aprovar uma moção de desconfiança contra ele. O novo premiê será escolhido já nesta segunda-feira (11), informou a secretaria do Parlamento.

Após debates que se arrastaram por todo o sábado, a votação terminou com 174 votos a favor da desconfiança em 342 possíveis.

O pleito ocorreu após o presidente do Parlamento, Asad Qaiser anunciar sua saída do cargo e a Corte Suprema determinar que fosse realizada a votação. O Supremo interferiu na questão porque Khan tentou dissolver o Parlamento para se manter no poder.

Khan era chefe de governo desde 18 de agosto de 2018 e deixou a residência oficial do cargo já na madrugada deste domingo (10), indo para sua casa em Bani Gala.

Leia Também

Essa é a primeira vez na história do país desde sua independência, em 1947, que um premiê cai por conta da moção de desconfiança. Porém, durante todo esse período, nenhum chefe de governo conseguiu cumprir seu mandato sem ser derrubado.

Para concorrer ao cargo de primeiro-ministro, a oposição apresentou o presidente do partido Liga Muçulmana do Paquistão Nawaz (PML-N), Shahbaz Sharif, irmão mais novo do ex-premiê Nawaz Sharif, que foi três vezes chefe de governo do Paquistão.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários