Ataque em Tel Aviv, Israel
Reprodução / Twitter - 29.03.2022
Ataque em Tel Aviv, Israel

Nesta quinta-feira (31), a tensão em Israel e na Palestina aumentou ainda mais com a morte de dois palestinos em uma operação do exército do Estado hebreu na Cisjordânia e após um ataque com faca em um ônibus. A escalada de violência acontece depois de um atentado em Tel Aviv nessa terça (30) .

As forças israelenses realizaram uma operação no campo palestino de Jenin, ao norte da Cisjordânia ocupada, nas primeiras horas de hoje, como consequência do atentado em Tel Aviv, que deixou cinco mortos , entre trabalhadores ucranianos e um policial árabe israelense.

Nesta quinta, morreram dois jovens palestinos, de 17 e 23 anos, "em ações das forças de ocupação israelenses que cumpriam uma operação na área de Jenin", de acordo com o ministério da Saúde palestino.

Após o ataque em Tel Aviv, o exército israelense mobilizou reforçou na Cisjordânia ocupada e aumentou as detenções, segundo a agência de notícias AFP . Segundo as Forças Armadas de Israel, soldados e agentes da polícia de fronteira "efetuaram uma operação em Jenin" para deter "suspeitos".

Leia Também

"Durante a operação, homens armados palestinos abriram fogo contra as tropas, que responderam os tiros", informou o comunicado. Um soldado ficou levemente ferido e precisou ser levado ao hospital.

Pouco tempo depois da operação do exército, um palestino esfaqueou um passageiro — que ficou gravemente ferido — em um ônibus na Cisjordânia ocupada. O homem, depois, foi morto por um civil armado.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários