Tropas russas começam a sair de Chernobyl
Reprodução: Flickr
Tropas russas começam a sair de Chernobyl

A agência nuclear da Ucrânia anunciou nesta quinta-feira (31) que as tropas russas, que tomaram a central de Chernobyl no último dia 24 de fevereiro, início da guerra, começaram a se retirar da região. De acordo com comunicado da Energoatom no Telegram, as forças russas partiram "em duas colunas em direção à fronteira" entre a Ucrânia e a Belarus.

A entidade informa ainda que apenas "um pequeno número" de soldados da Rússia permanecem no local. "Há evidências de que uma coluna de soldados russos que ocupa a cidade de Slavutitch - onde está a equipe da usina - está se formando para ir para Belarus", acrescenta.

Segundo a nota, "os ocupantes redigiram e assinaram o ato de transferência de proteção da usina nuclear de Chernobyl". No documento, eles informam que não "há reivindicações da administração do objeto protegido contra as tropas da Guarda Nacional da Federação Russa" e oficializam a saída da área.

Ontem (30), o Pentágono já havia informado que os russos começaram a deixar a região do acidente nuclear de Chernobyl, ocorrido em 26 de abril de 1986 e que deixou centenas de mortos e propagou a contaminação radioativa na Europa.

O anúncio ocorreu um dia depois de Moscou reforçar que suas tropas vão recuar e reduzir "radicalmente" os ataques em Kiev e Chernihiv, no norte do país.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários