Chanceler da Alemanha, Olaf Scholz, em discurso
Reprodução/Twitter Olaf Scholz
Chanceler da Alemanha, Olaf Scholz, em discurso

A Alemanha está analisando a compra de um sistema de defesa antimíssil por temor de um ataque russo, informou o  chanceler Olaf Scholz em entrevista à emissora pública "ARD" neste domingo (27).

"Esse é certamente um dos problemas que estamos discutindo e por uma boa razão", disse Scholz ao ser questionado se era verdade que o governo alemão analisa a possibilidade de comprar um sistema como o "Iron Dome" de Israel, mas sem dar detalhes do que está sendo negociado.

O chanceler foi questionado se Berlim quer comprar um sistema de defesa melhor do que o atual "Patriot" e respondeu acusando, sem citar diretamente, a Rússia. "Precisamos estar conscientes do fato que temos um vizinho pronto a usar a violência para fazer valer os seus próprios interesses", ressaltou.

Desde o início da guerra na Ucrânia , em 24 de fevereiro, a Alemanha fez uma mudança histórica no seu posicionamento de defesa da diplomacia.

Leia Também

Entre os anúncios inéditos do governo em décadas, está o envio de armas para um país em zona de conflito e também o aumento do orçamento da Defesa para 2% do Produto Interno Bruto (PIB).

Isso porque há o temor de que Moscou não pare apenas na Ucrânia e tente invadir outros territórios, especialmente, de nações que fizeram parte da antiga União Soviética.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários