A informação sobre a ajuda à Ucrânia foi confirmada pelo Ministro das Relações Exteriores da China Wang Yi.
Reprodução/Portuguese Cri 20.03.2022
A informação sobre a ajuda à Ucrânia foi confirmada pelo Ministro das Relações Exteriores da China Wang Yi.

A Cruz Vermelha da China anunciou, nesta segunda-feira, que vai mandar ¥10 milhões (aproximadamente R$ 7,8 milhões) em ajuda humanitária para a Ucrânia. O Ministro das Relações Exteriores da China, Wang Yi, confirmou a informação.

Essa é a segunda vez que a China oferece assistência financeira ao país. No início do mês, o governo chinês disse que enviaria ¥ 5 milhões (cerca de R$ 4 milhões) em alimentos e itens de necessidade básica para o território ucraniano.

O auxílio ao território ucraniano não quer dizer, porém, que a China deixou de se opor às sanções contra a Rússia. Além disso, o governo chinês não condenou a invasão da Rússia à Ucrânia, alegando que as nações têm o direito de decidir sobre suas políticas externas de maneira independente, sem a necessidade de se posicionar.

No sábado (19), Wang Yi declarou que “o tempo provará que a posição da China está do lado certo da história” em relação ao conflito russo-ucraniano. A declaração aconteceu após conversa entre o presidente dos EUA, Joe Biden, e o da China, Xi Jinping, na sexta-feira (18).

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários