Astronauta será levado para a Terra em cápsula russa
Reprodução/Nasa
Astronauta será levado para a Terra em cápsula russa

Um astronauta norte-americano se prepara para retornar à Terra em uma "carona" russa, após passar 355 dias no espaço. Após a  invasão da Rússia à Ucrânia e o aumento das tensões do presidente Vladimir Putin com os países do Ocidente , Mark Vande Hei temeu que ele pudesse ser deixado para trás, na Estação Espacial Internacional (ISS, na sigla em inglês).

Foi confirmado, porém, que ele viajará ao Cazaquistão a bordo de uma cápsula russa, com mais dois astronautas russos.

"Posso dizer com certeza que Mark está voltando para casa... Estamos em comunicação com nossos colegas russos. Não há dúvidas sobre isso", disse Joel Montalbano, gerente do programa da Estação Espacial Internacional da Nasa, à BBC News .

De acordo com ele, os astronautas estão "conscientes do que está acontecendo" no mundo, mas ainda trabalham juntos, já que, segundo a lei espacial, esses profissionais devem "fornecer toda a ajuda possível" a outros quando necessário, "incluindo pouso de emergência em um país estrangeiro ou no mar".

Os Estados Unidos controlam a energia e o suporte à vida a bordo da ISS, e a Rússia, questões como a propulsão.

Leia Também

Apesar das sanções impostas a Putin, o chefe da agência espacial russa Roscosmos, Dmitry Rogozin, disse que a estação espacial continuou funcionando normalmente.

No início do mês, Rogozin informou que a Roscosmos interromperia as vendas de foguetes para os EUA em resposta aos bloqueios econômicos contra a Rússia.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários