Zelensky agradece mulher que invadiu jornal para protestar
Reprodução - 14/03/2022
Zelensky agradece mulher que invadiu jornal para protestar

O presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, compartilhou nesta terça-feira outra mensagem em vídeo sobre a guerra no país. O líder ucraniano expressou sua gratidão à  mulher que invadiu um telejornal russo na emissora Canal 1, controlada pelo Estado, para protestar contra a guerra e pediu, em russo, que tropas comandadas por Vladimir Putin se rendam e acabem com a guerra.

Marina Ovsyannikova, que trabalha no canal, entrou no estúdio com um cartaz onde se liam frases como "não acreditem na propaganda" e "eles estão mentindo para vocês". O microfone da apresentadora ainda captou seus gritos de "parem a guerra".

"Enquanto seu país não se fechar completamente para o mundo inteiro, transformando-se em uma Coreia do Norte muito grande, você deve lutar. Você não deve perder sua chance", disse Zelensky.

Em mais um dia de negociações diplomáticas sobre a guerra, o presidente afirmou que a Rússia estava começando a perceber que não conseguiria vitória no campo de batalha e mandou um recado para os soldados do país vizinho.

Leia Também

"Se vocês se renderem às nossas forças, vamos tratá-los como as pessoas devem ser tratadas. Vocês não vão levar nada da Ucrânia. Vocês vão tirar vidas. Escolham", disse.

O presidente disse ainda que o mundo está vendo o que a Rússia faz nas cidades ucranianas e que os militares têm "responsabilidade por crimes de guerra".

"A responsabilidade por crimes de guerra dos militares russos é inevitável. A responsabilidade por uma catástrofe humanitária deliberada nas cidades ucranianas é inevitável. Todos os responsáveis pela guerra. Todos os responsáveis pela destruição da democracia. Todos os responsáveis pela repressão contra as pessoas. Todos terão uma resposta. A resposta do mundo. E isso é apenas o começo", ressaltou.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários