Protestos na Rússia contra guerra na Ucrânia
Reprodução / Redes Sociais
Protestos na Rússia contra guerra na Ucrânia

Mais de 800 pessoas foram presas, neste domingo (13), após protestarem contra o governo russo, que mantém a  ofensiva em território ucraniano. Segundo a ONG OVD-Info, especializada em monitorar protestos, manifestantes foram detidos em Moscou e São Petersburgo.

Em Moscou, capital da Rússia, dezenas de pessoas desafiaram a proibição de manifestação, concentrando-se em uma praça perto do Kremlin. Ao menos 100 manifestantes e um jornalistas foram levados pela polícia.

Durante a tarde de domingo, o Ministério do Interior russo informou que cerca de 300 pessoas tinham sido detidas na capital por "distintas violações da ordem pública".

Apesar da proibição, manifestantes se reúnem diariamente na Rússia contra a operação militar na Ucrânia. Aqueles que protestam são multados ou presos. No último domingo (6), mais de 5 mil manifestantes foram presos.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários