Tedros Adhanom, diretor-geral da OMS
Reprodução/CNN
Tedros Adhanom, diretor-geral da OMS

A Organização Mundial da Saúde (OMS) afirmou neste domingo que ataques a hospitais foram realizados na Ucrânia .

De acordo com o diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, ofensivas militares aos centros de saúde “causaram várias mortes e feridos”. A entidade afirmou ainda que investiga outros ataques a hospitais na região.

“Ataques a instalações de saúde ou trabalhadores violam a neutralidade médica e são violações do direito internacional humanitário”, ressaltou o diretor-geral da OMS.

Na breve mensagem compartilhada nas redes sociais, Tedros não deu detalhes e não mencionou a Rússia, que invadiu a Ucrânia em 24 de fevereiro.

Leia Também

Neste domingo, a Câmara Municipal de Mariupol anunciou que uma nova tentativa de evacuação será feita após um desrespeito ao cessar-fogo impedir a continuidade da operação no dia anterior.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo. 


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários