Maior aeronave do mundo foi destruída
Reprodução
Maior aeronave do mundo foi destruída

A TV estatal russa exibiu nesta semana as primeiras imagens do que restou do Antonov-225 Mriya, o maior avião do mundo, destruído após um bombardeio no aeroporto Hostomel, perto de Kiev, na última sexta-feira.

Uma correspondente do Canal 1 mostrou o hangar muito danificado e destroços espalhados pelo local. Na parte da frente do avião, a cabine parece ter se partido ao meio. Parte da estrutura, no chão, está esmagada. As asas também estão tortas e restaram turbinas em apenas um dos lados da aeronave. O vídeo mostra até um projétil próximo do Antonov-225.


A informação sobre a destruição do avião foi confirmada pela fabricante de armas estatal ucraniana Ukroboronprom no domingo. Na ocasião, ainda sem ter a dimensão do estrago, informou que a recuperação do cargueiro custaria mais de US$ 3 bilhões (equivalente a mais de R$ 15 bilhões).

Nesta quinta-feira, a Antonov, empresa de serviços de aeronaves ucranianas e dona do Antonov-225, também informou no Twitter que o avião ainda não foi inspecionado por especialistas e o governo local ainda não tem informações sobre a condição técnica do cargueiro.

Leia Também


O avião destruído tinha mais de 80 metros de comprimento, mais da metade em compartimento de carga. A velocidade de cruzeiro era de de 800 km/h.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.

As informações são de agências internacionais.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários