Vitaly Skakun Volodymyrovych
Reprodução
Vitaly Skakun Volodymyrovych

Autoridades da Ucrânia elogiaram o soldado Vitaly Skakun Volodymyrovych, que morreu nesta sexta-feira (25) ao explodir ponte que liga a Rússia e a Ucrânia, na região da Crimeia. A explosão buscava evitar o avanço das tropas russas. 

De acordo com a forças armadas, o soldado percebeu que não tinha tempo para colocar um fusível e ficar em segurança. "A ponte estava minada, mas ele não conseguiu sair de lá", afirmaram. O comunicado também diz que as ações de Volodymyrovych ajudaram a retardar "o avanço do inimigo" e a proteger as tropas ucranianas. 

"De acordo com seus irmãos de armas, Volodymyrovych entrou em contato e disse que iria explodir a ponte", afirma trecho. "Imediatamente depois, uma explosão soou."

Os comandantes planejam premiá-lo com honras póstumas por seu "ato heróico". Com a explosão as tropas russas precisaram percorrer uma distância mais longa. Uma segunda ponte na região de Kiev, capital da Ucrânia, também foi destruída. 

Leia Também




    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários