Ucrânia prende dois soldados russos
Valery Zaluzhny/Facebook
Ucrânia prende dois soldados russos

O comandante-chefe das Forças Armadas da Ucrânia, Valery Zaluzhny, afirmou em suas redes sociais que as tropas conseguiram capturar dois soldados russos que invadiram o país nesta quinta-feira . O militar publicou, inclusive, imagens dos russos.

De acordo com a presidência da Ucrânia, "mais de 40 soldados ucranianos e cerca de 10 civis" foram mortos desde que os ataques da Rússia contra o país foram iniciados.

Ucrânia prende dois soldados russos
Valery Zaluzhny/Facebook
Ucrânia prende dois soldados russos

O presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, afirmou que a invasão foi como um ataque da Alemanha nazista .

Os Estados Unidos e seus aliados responderão de forma unida e decisiva  a "um ataque não provocado e injustificado das forças militares russas" à Ucrânia, disse o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, depois que explosões foram ouvidas na capital ucraniana, Kiev.

Ucrânia prende dois soldados russos
Valery Zaluzhny/Facebook
Ucrânia prende dois soldados russos

"O presidente (Vladimir) Putin escolheu uma guerra premeditada que trará uma perda catastrófica de vidas e sofrimento humano", disse Biden, em comunicado. "Somente a Rússia é responsável pela morte e destruição que este ataque trará. O mundo responsabilizará a Rússia", acrescentou.

Leia Também

E o Brasil?

Em nota divulgada nesta quinta-feira,  o Itamaraty informou que o Brasil acompanha “com grave preocupação” a deflagração de operações militares pelos russos contra alvos no território ucraniano.

O vice-presidente, Hamilton Mourão, disse que o Brasil não concorda com a invasão da Rússia à Ucrânia . O presidente Jair Bolsonaro, porém, ainda não se pronunciou sobre os ataques registrados nesta madrugada.

"O Brasil não está neutro. O Brasil deixou muito claro que ele respeita a soberania da Ucrânia. Então, o Brasil não concorda com uma invasão do território ucraniano. Isso é uma realidade", afirmou Mourão em frente ao Palácio do Planalto.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários