Presidente do Haiti, Jovenel Moise
Valerie Baeriswy
Presidente do Haiti, Jovenel Moise

Morreu por complicações de Covid-19 Gilberto Dragon, de 52 anos, um dos suspeitos de participação no  assassinato do presidente do Haiti Jovenel Moise, em julho deste ano.  A informação foi dada pela esposa do suspeito, segundo a Reuters .

O acusado havia sido transferido da prisão para um hospital após apresentar sintomas da doença causada pelo novo coronavírus (Sars-Cov-2). Ele teve uma parada cardíaca e não resistiu.

Gilberto Dragon era um ex-comissário de polícia. Em agosto deste ano, a polícia do Haiti disse que Dragon havia tido contato com outros suspeitos na noite do assassinato de Moise. Ele teria ajudado a planejar o crime.

A esposa de Dragon diz que a prisão foi injusta e que ele estava dormindo em casa no momento do crime.

Mais de 30 pessoas já foram presas por suspeita de envolvimento no assassinado do presidente.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários