Pedro David Galeano foi assassinado a tiros dentro do seu escritório
Reprodução
Pedro David Galeano foi assassinado a tiros dentro do seu escritório

O ex-juiz paraguaio Pedro David Galeano, 36, foi assassinado a tiros dentro do seu escritório de advocacia na região urbana de Coronel Oviedo, no Paraguai . A vítima, que presidia a Ordem dos Advogados do Departamento de Caaguazú, já tinha matado um brasileiro em 2018 ao reagir a um atentado.

Segundo levantamento feito pelo UOL, é o 5º assassinato de uma autoridade nos últimos três meses no Paraguai .

De acordo com a polícia paraguaia, dois homens desceram armados de uma motocicleta e invadiram o escritório de Galeano, atingido por ao menos um tiro na cabeça e outros dois no peito. Depois do crime, os suspeitos fugiram do local em uma bicicleta, segundo informaram testemunhas às autoridades policiais.

Em 14 de julho de 2018, o ex-juiz já tinha sido alvo de um atentado quando um brasileiro tentou surpreendê-lo quando ele estava prestes a entrar na própria casa. Contudo, Galeano reagiu e disparou contra o suspeito, que morreu no local.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários