Paul e sua esposa
FOTO: Arquivo Pessoal
Paul e sua esposa

Um nadador de 57 anos morreu no último sábado (06) enquanto mergulhava na praia de North Fremantlhe, em Perth, na Austrália. Sua família, que estava na areia, assistiu a cena do homem sendo atacado por um tubarão-branco.

Paul Millachip estava praticando sua natação matinal quando de repente foi puxado pelo animal gigante. Ele era atleta amador e estava em boa forma física. Além disso, Millachip já havia participado de diversas competições de triatlo e estava acostumado a nadar nessa região.

"Meu marido morreu fazendo o que ele amava, que era aproveitar o surf e a natação e se manter em forma", afirmou a esposa da vítima ao The Sun.

Além disso, um grupo de adolescentes que estavam na areia disseram ter visto o tubarão na água e alertaram outros nadadores e surfistas para saírem do mar.

Leia Também

"Não vi exatamente que tipo de tubarão era, mas era gigantesco. Da barbatana à cauda traseira era uma distância muito grande", disse um dos adolescentes.

Após os relatos, especialistas explicaram que há um grande tubarão nas redondezas das "praias mais populares" da Austrália. Ademais, eles também alertaram que os ataques estão aumentando. Na década de 90, houve 82 ataques de tubarão registrados na Austrália. Na década de 2000, foram 161.

O corpo de Paul Millachip desapareceu no mar e apenas seus óculos de natação foram encontrados pelo resgate. As buscas foram encerradas no final da tarde de domingo (07).


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários