Cresce número de brasileiros detidos na fronteira dos EUA com México
Reprodução
Cresce número de brasileiros detidos na fronteira dos EUA com México

Um total de 56.881 brasileiros cruzou ilegalmente a fronteira Sul dos  Estados Unidos no ano fiscal de 2021, que vai de 1º de outubro de 2020 a 30 de setembro de 2021, segundo dados do Departamento de Alfândega e Proteção de Fronteira (CBP, na sigla em inglês) divulgados na última sexta-feira (22).

O número é um recorde histórico, oito vezes maior do que o relatado no ano anterior (7.161), durante a pandemia de Covid-19, e três vezes maior que em 2019, quando cerca de 18 mil brasileiros tentaram entrar nos EUA sem documentos pela fronteira terrestre com o México, o maior contingente até então.

Em termos comparativos, é como se, em média, 156 brasileiros fossem detidos pelas autoridades americanas por dia ao tentar entrar nos EUA a pé pela fronteira Sul.

Ainda segundo dados do CBP, apenas em setembro deste ano, 10.471 brasileiros tentaram a travessia, a maior marca do período. A rota de entrada mais comum foi pelo estado do Arizona, por onde chegaram 36.681 brasileiros, ou 64,5% do total nos últimos 12 meses.

Dos 56.881 brasileiros detidos na fronteira com o México, a maioria viajava com sua família — 43.790 ou 77% — e outros 12.898 tentaram completar a rota sozinhos. Do restante, 188 eram menores de idade e crianças desacompanhadas, e cinco eram menores de idade acompanhados, segundo o Departamento de Alfândega e Proteção de Fronteira dos EUA.

O Brasil agora é a sexta nação com o maior número de imigrantes detidos pelas autoridades americanas na fronteira Sul do país, atrás de México, Honduras, Guatemala, El Salvador e Equador, nessa ordem. O país ficou à frente de nações como Nicarágua, Cuba, Colômbia e Venezuela, que, historicamente, enviavam mais imigrantes irregulares aos EUA.

Leia Também

Entre outubro de 2020 e setembro de 2021, 181 brasileiros também tentaram entrar ilegalmente nos EUA pela fronteira Norte, elevando o total de entradas de brasileiros em situação irregular em todo o país para 58.059. No ano fiscal anterior, a imigração ilegal de brasileiros pela divisa dos EUA com o Canadá foi 2,5 vezes maior, num total de 460.

O secretário de Estado americano, Antony Blinken, e o chanceler Carlos França conversaram por telefone, na segunda-feira, sobre os movimentos migratórios irregulares sem precedentes em todo o continente e a busca por soluções comuns.


Na semana passada, o México anunciou que vai passar a exigir visto de brasileiros que cheguem ao país como turistas, devido à crise migratória em sua fronteira com os Estados Unidos. O documento de um anteprojeto nesse sentido já foi publicado pela Comissão de Melhora Regulatória (Conamer), órgão do governo mexicano.

Ao todo, mais de 1,7 milhão de imigrantes, de diversas nacionalidades, foram detidos pelas autoridades americanas na fronteira com o México no ano fiscal de 2021, o maior número já registrado, um sinal da gravidade da crise migratória que o presidente Joe Biden tem em suas mãos.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários