Após polêmica, Coreia do Norte confirma teste de míssil submarino
Reuters
Após polêmica, Coreia do Norte confirma teste de míssil submarino

Coreia do Norte confirmou nesta quarta-feira (20) o teste de um novo  míssil balístico de lançamento submarino, em mais uma demonstração de retomada de seu programa armamentista.

O disparo ocorreu na última terça (19), na cidade portuária de Sinpo, e a agência oficial KCNA diz que o projétil é dotado de "muitas tecnologias avançadas de controle". Imagens divulgadas pela imprensa norte-coreana mostram um míssil saindo do mar e uma coluna de fogo e fumaça.

O eventual domínio da tecnologia de mísseis submarinos daria ao regime de Kim Jong-un a capacidade de levar esse tipo de armamento para além da Península da Coreia - até agora, sabe-se que o país consegue fazer disparos apenas em terra.

No entanto, o fato de a Coreia do Norte ter usado um mesmo submarino testado cinco anos atrás pode indicar poucos progressos em sua capacidade de lançamento.

O regime de Pyongyang realizou diversos testes de mísseis nos últimos meses, embora tenha retomado as comunicações com o Sul no início de outubro.

Leia Também

A escalada militar chega em meio ao prolongado impasse nas negociações com os Estados Unidos para a desnuclearização das Coreias.

As conversas estão travadas desde fevereiro de 2019, quando o então presidente Donald Trump abandonou de forma abrupta uma cúpula bilateral com Kim em Hanói, no Vietnã, e não avançaram após a posse de Joe Biden.

O líder norte-coreano exige o fim das sanções internacionais para desmantelar seu principal complexo nuclear, mas os EUA querem que Pyongyang abra mão de todo o seu arsenal atômico.

O Conselho de Segurança das Nações Unidas fará nesta quarta-feira uma reunião a portas fechadas para discutir as recentes manobras militares da Coreia do Norte.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários