Corte da Justiça da Alemanha esperando a ex-secretaria nazista
Reprodução
Corte da Justiça da Alemanha esperando a ex-secretaria nazista

O julgamento da ex-secretária do campo de concentração nazista de Stutthof, na atual Polônia,  que fugiu por algumas horas no dia originalmente previsto para o início do processo, finalmente começou, nesta terça-feira, com a presença da acusada. Irmgard Furchner, de 96 anos, enfrenta no tribunal de Itzehoe, cidade no Norte da Alemanha, as acusações de cumplicidade em assassinatos e tentativas de assassinatos de mais de 11 mil pessoas no campo de concentração.

Furchner compareceu à audiência de cadeira de rodas e, para esconder o rosto dos fotógrafos e cinegrafistas, ela cobriu a cabeça com um lenço e usava óculos escuros. Sua ida ao tribunal deveria ter ocorrido em 30 de setembro, mas o processo começou de maneira confusa: a acusada, que mora em uma casa de repouso perto de Hamburgo, fugiu em um táxi e só foi capturada horas depois.

Após ser encontrada, ainda no mesmo dia, ela foi posta em prisão preventiva e libertada uma semana depois. Apesar de ela ter comparecido nesta terça ao tribunal, as autoridades adotaram medidas de vigilância para garantir sua presença nas próximas audiências.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários