Corte da Justiça da Alemanha esperando a ex-secretaria nazista, retratada ao lado
Reprodução
Corte da Justiça da Alemanha esperando a ex-secretaria nazista, retratada ao lado

Uma ex-secretária nazista, de 96 anos, fugiu hoje na Polônia horas antes de sua audiência na Justiça da Alemanha. Imgard Furchner, fugiu de táxi do asilo onde morava, mas foi encontrada e ficará presa até que decidam sobre sua pena. 

"Posso dizer que a acusada foi encontrada. Um médico vai estabelecer se ela poderá ser colocada sob custódia e a Justiça determinará se o mandado de prisão pode ser mantido ou se será poupada do cárcere", disse o porta-voz do tribunal de Itzehoe, Frederike Milhoffer. 

Essa é a segunda vez que Furchner é chamada para depor sobre seu trabalho no campo de concentração nazista Stutthof, em que era a secretária responsável por toda a comunicação entre os dirigentes nazistas.

Cerca de 65 mil pessoas morreram no campo Stutthof, incluindo judeus e soldados poloneses e soviéticos. Furchner trabalhou no local durante dois anos, de 1943 a 1945. 

No primeiro julgamento, a secretária afirmou não ter conhecimento dos crimes contra a humanidade cometidos em Stutthof. A nova audiência, que estava marcada para esta quinta-feira (30), lembra os 75 anos do enforcamento dos 12 principais dirigentes do Terceiro Reich de Adolf Hitler. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários