'Gatinha da Cracolândia' tem pedido de liberdade negado pela Justiça
Reprodução/redes sociais
'Gatinha da Cracolândia' tem pedido de liberdade negado pela Justiça

Lorraine Bauer, jovem de 19 anos que ficou conhecida como 'Gatinha da Cracolândia' , teve seu pedido de liberdade negado pela Justiça de São Paulo. Na última terça-feira (27), o juiz Gerdinaldo Quichaba Costa, da 13ª Vara Criminal de São Paulo, decidiu que há a necessidade de garantir a ordem pública, "uma vez que a acusada foi presa em flagrante pelo crime de tráfico de drogas, sendo que já respondia outro processo em relação ao mesmo delito".

"Além disso, não é cabível a conversão da prisão preventiva em domiciliar na medida em que a denunciada descumpriu o mesmo benefício em outro processo recentemente, conforme informado às fls.12/13. Assim, indefiro os pedidos da Defesa", diz a decisão judicial.

A Justiça de São Paulo já havia negado um pedido de conversão de pena para que Lorraine fosse transferida a prisão domiciliar, já que a mesma tem uma filha de 9 meses.

Os advogados de defesa basearam-se em uma decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), de 2018, que concedeu o regime alternativo a presas sem condenação gestantes ou que forem mães de crianças até 12 anos de idade. A solicitação foi negada no último dia 19 e tida como improcedente.


Lorraine foi presa em 22 de julho e encontra-se, desde então, na carceiragem do 89º Distrito Policial do Morumbi, na Zona Sul de São Paulo. A jovem é acusada de tráfico de drogas na região da Cracolândia, no Centro de São Paulo.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários