Número de raptos na região tem aumentado nos últimos meses
Banco de imagens/Pixabay
Número de raptos na região tem aumentado nos últimos meses

Um grupo de homens armados sequestrou nesta quarta-feira (1º) mais de 70 estudantes em um colégio de ensino médio no noroeste da Nigéria , informou a polícia local.

Os agressores invadiram nesta manhã uma escola de Maradun, no estado de Zamfara, e sequestraram 73 estudantes, segundo o porta-voz da polícia estadual, Mohammed Shehu, em um comunicado.

Shehu explicou que as equipes de resgate e os militares estão trabalhando juntos na tentativa de alcançar os sequestradores e libertar os estudantes.

O novo rapto na Nigéria ocorre poucos dias após a libertação de três outros grupos de reféns em troca de grandes resgates . Alguns dos sequestrados eram muito jovens, incluindo um menino de quatro anos.

De acordo com as autoridades, em muitos casos, as famílias tiveram que vender tudo o que tinham para que os adolescentes fossem libertados. A princípio, a motivação dos sequestros com fins terroristas é apenas lucro econômico.

As estudantes começaram a ser raptadas, porque o grupo terrorista Boko Haram considera a educação como um "pecado", além de perceber que esta era uma forma de conseguir dinheiro para financiar suas ações.

Os raptos voltaram a ser cometidos com frequência desde o ano passado, com cerca de mil meninos e meninas sequestrados no país. A maioria voltou para casa, mas muitos ainda permanecem nas mãos dos fundamentalistas. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários